Se você acha que sim, é respondeu com cara de nojo, não sabe o que está perdendo.

Além de não trazer risco algum para quem se alimenta, saiba que podem ser muito nutritivo e saborosa. “O nojo que sentimentos por esses seres, é puramente cultural”. Afirma Bill Yosses, chef de um restaurante em Nova-York.

TANAJURA

Mas nada de largar o que está fazendo e sair em busca das bundinhas das tanajuras, lembre-se que insetos poder estar contaminados por pesticidas e todo o tipo de doenças. Se você tem vontade realmente de encarar as saborosas tanajuras ou saúva, recorra a criadores, e o seu preparo deve ser feito com cozinhamento em fogo alto.

A tradição de se alimentar com esses bichinhos, foi claro, dos índios, com a chegada do padre Anchieta ao Brasil, em determinada época do ano, os povos indígenas ficavam muito ansiosos para colher os “frutos que vinham do céu.” Enchiam seus vasos com esse alimento, que  deve ser torrado como o amendoim.

Confesso que nunca experimentei essa iguaria, e não sei muito bem como é o seu sabor, fiz varias pesquisas e uma me chamou bastante atenção, “tanajura lembra muito o gosto do camarão”. De fato, me surpreendi como a o inseto é bastante apreciado pelos brasileiros, e tem um alto valor proteico, segundo o biólogo Eraldo M. C. Neto, da UEFS, BA, as tanajuras contém aproximadamente 44% de proteínas, já um pedaço de carne de frango e um belo bife de boi, possuem 23% e 20%, respectivamente, e ainda são ricas em sódio, potássio, ferro e cálcio.

QUE NOJO

Mesmo com tantas características positivas, continuo preferindo o meu belo bife de carne de boi, do que comer essas formigas bundudas, e vale lembrar que gosto não se discute, então quando te oferecerem essa iguaria, não tenha nojo, pois é como comer qualquer outro tipo de carne.

Gostou dos nossos conteúdos, então continue nos acompanhando em nossa pagina do facebook, clicando AQUI ! 

 

Comentarios

Comentarios